Como Criar Uma Loja Virtual Para Vender Pizzas

O mercado de e-commerce cresce cerca de 21,5% ao ano. Atualmente, existem comércios eletrônicos dos mais variados tipos, de venda de roupas até consultoria sobre relacionamentos. Criar uma loja virtual é bem fácil, principalmente por conta das várias ferramentas existentes.

O segmento de pizzarias delivery vem crescendo dentro da web. Hoje, é possível encontrar vários sites e aplicativos que oferecem o serviço. A grande vantagem, para o cliente, é que ele pode fazer seu pedido em poucos cliques. Já para a pizzaria, é que os custos com estrutura caem bastante.

A ideia de vender pizzas na web segue uma tendência mundial. As lojas de departamento foram as pioneiras, sendo seguidas por diversos segmentos. Quando os supermercados começaram a utilizar esse conceito, uma barreira foi quebrada e logo vários serviços de alimentação aderiram a ideia.

Criar uma loja virtual para vender pizzas é a parte mais fácil do seu negócio. Tenha em mente que, antes de efetivamente entrar no mercado de e-commerce, é preciso fazer uma pesquisa para avaliar se a ideia é realmente lucrativa na sua região.

e-commerce

Passo a Passo para criar uma loja virtual

Há algum tempo atrás criar uma loja virtual era uma tarefa que exigia amplo conhecimento em programação, ou, altos investimentos para a contração de um profissional do ramo.

Contudo, hoje existem várias plataformas de gerenciamento de conteúdo que oferecem a criação de e-commerces em apenas alguns cliques. Por conta disso, é possível abrir um comércio eletrônico em apenas seis passos fáceis.

  1. Compre um domínio: O primeiro passo para criar sua loja virtual é comprar o seu domínio. Essa escolha é essencial, pois é através desse endereço eletrônico que os clientes irão te encontrar. Crie um nome que as pessoas lembrem e que diga do que se trata o seu negócio.

Existem vários sites para você comprar o seu domínio. O mais popular é o Registro. Br. Basta acessar o portal, digital o domínio que você deseja ter e ver se ele está disponível. Em seguida, crie um login de acesso, escolha o pacote mais adequado e efetue o pagamento.

  1. Escolha um serviço de Hospedagem: Escolher um bom serviço de hospedagem também é essencial na hora de criar sua loja virtual. É nessa plataforma que todos os dados do seu e-commerce ficarão armazenados.

No Brasil, o serviço de hospedagem mais popular é o HostGator. Para contratar um pacote, basta acessar a site, criar um login, escolher a opção que mais te agrada e comprar.  O diferencial do HostGator é que ele oferece o Cpanel.

  1. Escolha a plataforma onde você irá criar sua loja virtual: Atualmente, existem várias plataformas de gerenciamento conteúdo, mas a mais utilizada é o WordPress. Ele possui uma série de recursos profissionais, mas que são de fácil acesso para qualquer um.

Para criar sua loja virtual no WordPress basta acessar a plataforma e criar o seu site. Em seguida, vá até o seu serviço de hospedagem, e por meio do Cpanel configure a hospedagem e o domínio do seu e-commerce.

  1. Decida qual modelo te agrada mais: As plataformas de gerenciamento de conteúdo possuem vários templates personalizáveis para todos os gostos. Na hora de escolher o seu modelo veja qual transmite melhor, e de maneira clara, a identidade da sua empresa.
  1. Coloque informações no seu e-commerce: Criado o layout da sua loja virtual está na hora de inserir todas as informações importantes. No caso da pizzaria online, coloque dados como: Quem Somos, Contato, Método Usado na Preparação da Pizza, História do prato e etc.
  1. Insira os produtos na loja e comece a vender: Chegou a hora de colocar no seu e-commerce todos os tipos de pizza que você irá vender. Descreva os ingredientes de cada sabor e o valor para diferentes tamanhos. O próximo passo é começar a vender.

Após criar a sua loja virtual para vender pizzas é preciso trabalhar no posicionamento dela no Google. Isso irá interferir diretamente na quantidade de clientes, bem como nos lucros do seu negócio.

Cuidados com sua loja virtual de venda de pizzas

É comum muita gente pensar que após colocar o e-commerce no ar as coisas caminharão sozinhas. Contudo, é preciso tomar alguns cuidados importantes para que seu negócio tenha sucesso.

Procure ofertar uma gama diferenciada de opções de pagamento. No caso da venda de pizzas, é essencial que se tenha a opção de cartão de crédito ou débito, mas, também, a de pagamento em dinheiro na hora da entrega.

Além disso, você deve oferecer segurança para seus clientes. Instale ferramentas antifraude na sua loja e procure utilizar plataformas de pagamento como o PayPal e PagSeguro.

Crie um canal de atendimento online. Dessa maneira, caso o cliente encontre alguma dificuldade de realizar o pedido ele pode tirar suas dúvidas diretamente com um atendente.

Como divulgar o seu negócio de vendas de pizza

Uma etapa muito importante ao criar sua loja virtual de vendas de pizzas é a divulgação. Criar formas de se relacionar com os clientes é essencial para que o seu negócio alcance bons resultados e seja bem recomendado.

O primeiro passo é criar perfis em redes sociais. Hoje, plataformas como o Facebook se tornaram essenciais na divulgação de uma empresa. Além de gerar uma aproximação com clientes, ter uma página no Facebook, por exemplo, serve como espaço para os consumidores deixarem suas avaliações.

ferramentas de SEO

Utilize ferramentas de SEO para melhorar seu rankeamento no Google. Atualmente, ter um bom posicionamento dentro do buscador faz toda a diferença.  É dessa maneira que mais pessoas irão saber sobre o seu negócio e, consequentemente, mais consumidores irão surgir.

Faça campanhas promocionais. Pode ser um cartão fidelidade, descontos em datas específicas, ou, qualquer outro tipo de promoção, o importante é fazer com que seu cliente volte a comprar através do seu e-commerce de venda de pizzas.

Seguindo essas dicas de como criar sua loja virtual, com certeza você terá mais facilidade para gerir o seu negócio de vendas online de pizzas. Busque sempre novas formas de aprimorar o seu e-commerce para que ele possa continuar crescendo.